Fernão de Magalhães e a Ave-do-Paraíso

Fernão de Magalhães e a Ave-do-Paraíso

 

Género

Romance

Editora

Esfera dos Livros

Coleção

Trilogia dos Navegantes

Lançamento

3 de Setembro

Excerto

Ler

Críticas

Ler

500 anos da circum-navegação

“Não, não, não!”. Foram estas as palavras que D. Manuel I devolveu a Fernão de Magalhães quando este lhe pediu um aumento. Afinal merecia, já tinha dado meia-volta ao mundo. Queria ver os seus méritos reconhecidos.

“Não!” E se o rei de Castela lhe desse ouvidos, o levasse a sério, acreditasse na sua coragem e tenacidade, para partir numa viagem de circum-navegação?  Obra com orientação científica do historiador José Manuel Garcia Em 1519, uma armada saiu de Sevilha sob o comando de Fernão de Magalhães com o objectivo de provar que a Terra era redonda e que seria possível chegar à Ásia rumando pelo Ocidente. Para trás o comandante deixa a sua amada Beatriz e uma promessa: «Um dia trago-te uma ave-do-paraíso. Prometo!» No entanto a jornada era longa e a ave-do paraíso ficava cada dia mais distante. A fome, a sede, o frio, a violência, a morte marcaram a viagem, assim como a esperança, o acreditar que encontrariam a passagem para o outro lado do Mundo, a felicidade de ouvir um «terra à vista» ou de perceber que um companheiro estava vivo.

Mas que segredos esconde Fernão de Magalhães para a determinada altura perder o brilho no olhar, desistir de avançar e de alcançar o tão desejado destino: as ilhas Molucas?

No ano em que se comemora os 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães, o romancista João Morgado apresenta-nos um romance inovador em que a ficção e a História se entrelaçam harmoniosamente e que permite ao leitor descobrir a vida intensa de Fernão de Magalhães, numa viagem no tempo, com a segurança de que, ao segui-la passo-a-passo, encontrará o que de mais verosímil se conhece sobre esta viagem histórica e sobre este homem que marcou a história da Humanidade.

A Esfera dos Livros 


CRITICAS: 


"DEUSMELIVRO" - “Fernão de Magalhães e a Ave-do-Paraíso”| João Morgado -  Por Adriana Nascimento, 29/10/2019 »»»
"JORNAL DE LETRAS" - OS LIMITES DO HUMANO (em Magalhães e a Ave-do-Paraíso) - por Miguel Real, 23.10.2019 »»»




ENTREVISTA: 


RTP África, "Mar de Letras",  Mário Carneiro, 13.11.2019


RDP Internacional, "Germano de Campos Entrevista", 12.11.2019


Rádio Cova da Beira, "Flagrante Directo", Entrevista05.10.2019


OBSERVADOR, "Sem a morte de Fernão de Magalhães não teria havido circum-navegação", João Morgado; 


Antena 1, José Candeias, "Há Conversa", "Livro: Fernão de Magalhães..."


Diário de Notícias, Leonídio Paulo Ferreira, "Sem os superpoderes dos heróis da Marvel, Magalhães abraçou o mundo" , 15.09.2019;

 

Mundo Lusíada, Lusa, “Fernão de Magalhães: Navegador teve “a seu cargo a mais difícil e longaviagem marítima”, 11.09.2019;

 

Rádio OBSERVADOR, João Paulo Sacadura, Gama, Cabral, Magalhães, Camões: a verdade que dói”, 09.09.2019; 


Tags Fernão de Magalhães Magallanes Magellan João Morgado

Outras Colectâneas de Romance