Diário dos Infiéis

“Um genuíno drama camiliano, só deste se diferenciando quanto ao conteúdo da narrativa, pela utilização de uma linguagem urbana actual e pela absolutização da sexualidade. Todas as relações começam e acabam com a ênfase na sexualidade, tanto como desejo angélico quanto como brutalidade carnal, a maioria das vezes, porém, identificado com o maior e mais sensitivo prazer humano. Neste sentido, Diário dos Imperfeitos evidencia-se como um verdadeiro hino ao amor desinteressado (Santiago e Laura), com laivos de algum erotismo…”

Miguel Real, escritor, ensaísta, critico literário IN: Jornal de Letras,

«Uma verdadeira teoria do Amor. Este livro sacode-nos! (...) Um romance dentro do romance, feito de uma forma exemplar. João Morgado domina em absoluto as técnicas do romance, a mestria de nos prender, a nós, leitores!»

Margarida Gil dos Reis, Professora de Literatura comparada Apresentação da Obra, FNAC Chiado, 02.04.2017

«Romance especial porque inesperado, diferente. É uma peregrinação à vida interior, a da pele e das emoções. Vidas que se procuram sem terem memória de onde se perderam...» - Lília Tavares Poetisa

Lília Tavares, Poetisa Quem lê Sophia de Mello Breyner Andresen , Abril, 2017

,