João Morgado - Escritor

João Morgado nasceu em 1965, em Aldeia do Carvalho, Covilhã, Portugal.

Poeta e romancista, é doutorando em Comunicação na Universidade da Beira Interior, onde se licenciou, tem um mestrado em Estudos Europeus na Universidade de Salamanca, Espanha, e uma pós-graduação em Marketing Político pela Universidade Independente / Universidade de Madrid. É membro do Centro de Investigação Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão.

 

Foi distinguido com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Cívico e Cultural, oficializada pela República Federativa do Brasil, pelo seu trabalho de investigação sobre Pedro Álvares Cabral.  Recebeu ainda o Troféu “Cristo Redentor” pelo seu trabalho em prol da cultura luso-brasileira, entregue pela Academia de Letras e Artes de Paranapuã – Rio de Janeiro.

 

Trabalhou como operário têxtil e jornalista. Actualmente, é consultor de comunicação nos meios empresariais e políticos.



Recebeu os seguintes PRÉMIOS LITERÁRIOS:


ROMANCE

• Prémio Literário Vergílio Ferreira 2012

• Prémio Literário Alçada Baptista 2014

• Prémio Nacional de Literatura LIONS 2015 

• Prémio Literário Fundação Dr. Luís Rainha Correntes d’Escritas 2015

• Medalha do Mérito Literário da “Ordem Internacional do Mérito do Descobridor do Brasil, Pedro Álvares Cabral” (Brasil), 2017

Prémio Literário Ferreira de Castro, 2019

...

POESIA

• Prémio de Poesia Manuel Neto dos Santos 2015

...

CONTO

• Prémio Literário António Serrano 2016


OBRAS EDITADAS

Na literatura, afirmou-se com dois romances: «Diário dos Infiéis», e «Diário dos Imperfeitos». Obras reeditadas pela Casa das Letras (Grupo LEYA) e adaptadas ao teatro pela ASTA – Associação de Teatro e outras Artes.


A sua incursão no romance histórico deu-se com a obra «VERA CRUZ», um romance histórico sobre a vida desconhecida de Pedro Álvares Cabral e que apresenta uma nova versão sobre as verdadeiras razões que o levaram a desviar a frota e chegar a um novo continente, e tomar oficialmente para Portugal as que são hoje as terras do Brasil.

O romance «VERA CRUZ» serviu ainda de base a uma sinfonia para Orquestra Sinfónica, com Coro e Soprano. Uma obra composta pelo maestro João Pedro Delgado, que teve a direcção da orquestra do maestro Gustavo Delgado e Dora Rodrigues como soprano convidada. Os músicos da orquestra selecionados entre oito escolas de música do distrito de Castelo Branco. A estreia ocorreu a 21 de Maio, no TMG - Teatro Municipal da Guarda.

Lançou «ÍNDIAS», um romance biográfico dedicado a Vasco da Gama, o herói imperfeito, que foi odiado por todos mas amado por D. Manuel I e ficou na história de Portugal por ter sido o primeiro navegante a chegar às Índias das especiarias.

«O Livro do Império» é um regresso ao séc. XVI, ao reinado de D. Sebastião em vésperas de Alcácer-Quibir, para descobrir um Camões humanizados a terminar a sua obra, "Os Lusíadas", que será salva... pela Inquisição!

O seu mais recente romance «Magalhães e a Ave-do-Paraíso", leva-nos à grande viagem de circum-navegação, a maior e mais intrépida viagem marítima do séc. XVI, que provou que a terra era redonda e navegável...

Entre os livros publicados, destacamos ainda «Meio-Rico», contos, 2011; «Pássaro dos Segredos», conto ilustrado, 2014; «Para Ti», poesia, 2014, «Porto de Saudade, 2015, e «O Céu do Mar» em 2016.



                

 «»    «»    «»    «»    «»

João Morgado - Escritor
João Morgado - Escritor
João Morgado - Escritor
João Morgado - Escritor

 

 

 

 

João Morgado - Escritor