Porto de Saudade

 

Género

Poesia

Editora

Arandis Editora

Lançamento

2016

Prémios

Prémio Literário de Poesia Manuel Neto dos Santos

Excerto

Ler

Uma reflexão sobre a expansão portuguesa

“Porto de Saudade”, de João Morgado, obra vencedora do Prémio Literário de Poesia Manuel Neto Dos Santos, é uma edição da Arandis Editora, promotora do prémio.

A obra é escrita numa voz feminina, em jeito de Canção de Amigo - a mulher que fica em terra enquanto o marinheiro parte à aventura no mar para descobrir e conquistar novas terras. Uma reflexão sobre a expansão portuguesa, enquanto a pátria fica despovoada de homens, e onde as riquezas não chegam. Um país na ressaca da vã glória de um Império e que precisa de se redescobrir sempre. Um canto de saudade e um olhar interior para o nosso destino enquanto povo.

Afirma João Morgado: “A alma portuguesa divide-se. No cais fica o seu lado feminino, a mulher chorosa, a pátria. À conquista dos mares parte o seu lado masculino, o marinheiro que mais tarde será o corpo do Império. Resistirá a Pátria aos sacrifícios do Império? Os dois lados saberão co-existir sem matar uma das partes da alma lusitana? Qual o destino de Portugal? Partir? Ficar? Procurar eternamente o seu destino?”

Esteve ainda presente Filomena Paula Sequeira, vencedora do Prémio na edição 2016. Nuno Campos Inácio, em representação da Arandis Editora, salientou a importância deste Prémio e os seus projectos futuros.

TagsPorto de Saudade Poesia Voz feminina Expansão

Outras Colectâneas de Poesia