"Uma forte emoção"

»...estava longe de imaginar o que iria sentir, de como me sentiria identificado. Estava longe de imaginar o encanto, a força que tem esta celebração de Abril e da liberdade. A primeira leitura causou-me uma forte emoção…»

Manuel B. Martins Guerreiro Prefácio, 2014

"Com este conto do João não precisei sequer de imaginar como seria viver naqueles tempos de repreensão, senti mesmo que estava a viver tudo aquilo, como sempre acontece com a escrita deste autor, em que sinto que não só estou a ler a história, estou a VIVER a história!"

Liliana Carvalho Um Blog entre Bibliotecas, Abril 2021