NOTÍCIAS / BLOG


João Morgado lança o romance “LIVRAI-ME DO MAL”, “Prémio Literário Ferreira de Castro de Ficção Narrativa 2019”, dia 25 de Setembro, pelas 17h00. A obra será apresentada por Luís Osório



João Morgado lança o seu novo romance  romance, “LIVRAI-ME DO MAL”, “Prémio Literário Ferreira de Castro de Ficção Narrativa 2019”, dia 25 de Setembro, pelas 17h00.   

Por causa das medidas de contenção do Covid-19, será um evento online organizado pela Câmara Municipal de Sintra, no âmbito das Jornadas Europeias do Património. 

A obra será apresentada por Luís Osório*, escritor e consultor empresarial, foi uma das referências da RTP e é destacado cronista nas redes sociais. 

Esta obra é o regresso de João Morgado aos livros intimistas, de histórias contemporâneas, e tal como em ”Diários dos Infiéis” e “Diários dos Imperfeitos” procura transformar a banalidade da vida, de casais como tantos outros, em tema de estudo. 

“Este livro deveria fechar a trilogia dos “Diários” mas ganhou vida própria, talvez para abrir uma nova série…”, refere o autor. “LIVRAI-ME DO MAL” aborda a vida de um casal que “sofre de pecados e sonhos perdidos” e que na sua fragilidade, têm de enfrentar juntos, o cancro da mama. Um romance “agridoce” segundo João Morgado, pois tenta “apresentar um tema negro e doloroso, envolto numa linguagem poética e numa mensagem de esperança!”

Sinopse:

Por vezes as pessoas cansam-se até de ser felizes, porque tudo o que vive em nós pede um tempo de repouso. Um dia o Rogério cansou-se dos beijos da Tereza, ou foi a Tereza que se cansou dos seus abraços, ou foi o estar tudo depositado um no outro que os cansou – já não se lembram do motivo, mas nunca se esqueceram do cansaço que os tornou insuportáveis aos olhos um do outro. Zangaram-se. Nesse momento perderam-se um do outro, por serem incapazes de lutar, incapazes de perdoar, incapazes de falar, incapazes de amar, incapazes… de voltarem a ser felizes.
Mas, e se uma doença os atormentar? De que serão então capazes?



(*) Luís Osório (1971), jornalista e escritor, é autor de diversos livros, entre os quais Mãe, Promete-me que Lês e o romance A Queda de Um Homem. Foi diretor de jornais e de uma estação de rádio. É autor de programas de televisão e rádio, encenador, consultor empresarial e comentador político. Ganhou o Sete de Ouro, o Gazeta Revelação e o Prémio Inovação Manuel Pinto Azevedo. Foi nomeado três vezes para os Globos de Ouro pela autoria de Portugalmente e Zapping. Tem três filhos, e uma filha.   

Ver: Outros prémio Literários

O júri, constituído por Annabela Rita, em representação da Associação Portuguesa de Escritores, Miguel Real, da Associação Portuguesa dos Críticos Literários, e Ricardo António Alves, designado pelo município de Sintra, decidiu por unanimidade atribuir o prémio à obra de João Morgado, salientando a  sensibilidade do tema, a inovação estilística e a qualidade da escrita.


“O Prémio Ferreira de Castro é um galardão conceituado que já distinguiu autores que eu admiro como Sérgio Luís de Carvalho ou José Jorge Letria, que tem um júri de especialistas em literatura que valida a qualidade das escolhas, e portanto sinto-me muito honrado”. Refere o autor que, depois de muitos anos dedicado ao romance histórico, regressa com "Livrai-me do mal" à literatura intimista.

 

"Um retorno à intimidade dos casais, mas também a um tema polémico: como é que se reage a uma doença grave? Aproxima as pessoas, ou pelo contrário, afasta os casais?”

 

A autarquia de Sintra promove o Prémio Literário Ferreira de Castro com o objectivo de estimular a criação literária e homenagear o romancista e autor que escolheu a vila de Sintra para escrever uma boa parte da sua obra, e à qual legou o seu espólio. 

 

João Morgado sente-se honrado por ter um prémio com o nome de Ferreira de Castro "autor da Lã e a Neve, que fala aqui da Covilhã e que li muito na minha juventude. Para além do grande escritor que é, tem um percurso de vida e de luta, de valorização pessoal pelo trabalho com que me identifico, por isso estou muito contente e honrado por ter um prémio com o nome de uma figura como é Ferreira de Castro".


Para acompanhar a actividade do autor, siga as actividades via blog e página de facebook:



NOTÍCIAS / BLOG