Inicio Poesia

Poesia

“Respirar-te”

Veste uma gota de perfume, nada mais, deixa-me amar-te! . Deixa-me despir um beijo na tua boca . respirar-te!       João Morgado IN: Para Ti 

“Madrugada” (poema)

(Poesia) IN: Para Ti ___     Por baixo do lençol, em doce recato,  esconde o sol no mais íntimo…  bem no mais íntimo de ti .  e se na tua...

“Dizem-me que voltas, marinheiro….”

IN: Porto de Saudade (Poesia) A mulher-pátria vê regressar o seu marinheiro carregado de glória, mas ela sente-se frágil e morta... (...) Será que as minhas...

  POESIA :: ROMANCE :: NOVELA e CONTOS      POESIA • Para Ti Kreamus, 2015   • Porto de Saudade Editora Arandis, 2016 Prémio Literário de Poesia Manuel Neto dos Santos   www.joaomorgado.net